Como escolher o seu transfer em tempos de pandemia?

Protocolos que todo o transportador turístico deveria adotar e os cuidados que o viajante precisa ter antes de fechar uma reserva.

Ainda que o cenário seja de incerteza com relação ao controle da pandemia, diversos destinos turísticos ensaiam aberturas e o setor do turismo em geral vem se preparando para a retomada das atividades. Escolher onde se hospedar e qual empresa de transporte turístico escolher exige uma atenção ainda maior com a segurança.


Os transportadores turísticos que melhor transmitirem segurança serão, sem dúvida nenhuma, os preferidos dos viajantes. Como saber, se a empresa que pretende contratar para fazer o meu transfer está preparada?

Como os aspectos devem ser levados em consideração para minimizar o risco de contaminação?


O que eu preciso saber antes de fazer a reserva:


1. Que tipo de cuidado o transportador turístico está tomando para prevenir contaminação?

Algumas empresas anunciam o retorno das atividades informando ao seus clientes "estamos tomando todos os cuidados necessários". OK, mas que cuidados são esses? Solicite que a empresa com que esteja fazendo a cotação, informe quais são as medidas de proteção.

2. Qual é a fonte de orientação que o transportador turístico está seguindo?

Não adianta ter um protocolo de segurança, se o mesmo não está pautado em orientações das autoridades médicas e sanitárias.


3. Como está sendo feita limpeza?

A limpeza é fundamental, uma vez que o vírus é transmitido pelo contato com secreções contaminadas expelidas pela saliva, tosse ou espirros. Em lugares com maior circulação de pessoas objetos espaços usados com alta frequência.

55 visualizações0 comentário